quarta-feira, 28 de outubro de 2009

O segundo turno nas pesquisas

Um grupo de sete pesquisadores de um instituto de pesquisa capixaba abordava quem passava na Praia do Canto, em Vitória, na tarde desta terça-feira, fazendo uma sondagem sobre a disputa eleitoral de 2010. Até aí tudo bem, pois o que mais se consome atualmente no mercado político são pesquisas.

Mas o que chamou a atenção foi uma das perguntas: “Em quem você votaria se a disputa pelo governo do Estado fosse para o segundo turno?”. Como resposta, só havia duas opções, o vice-governador Ricardo Ferraço (PMDB) e o senador Renato Casagrande (PSB).

Mas e a pré-candidatura do deputado federal Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB)? Ficou de fora. Tudo bem que o resultado da pesquisa estará comprometido. No entanto, a forma como ela foi encomendada mostra que a única preocupação atualmente das lideranças que pretendem eleger Ricardo é o crescimento de Casagrande.

E o que mais incomoda é que ele nem mesmo se declarou pré-candidato até agora. Fato que dá mais munição para os aliados do vice-governador espalharem pelos quatro cantos do mundo que o senador não será candidato e que as pessoas devem andar junto ao peemedebista.

Enquanto isso, socialistas e tucanos se aproximam cada vez mais, conforme já mostrei aqui, inclusive negociando apoio mútuo para o segundo turno. E o final do ano está chegando, prazo que o governador Paulo Hartung (PMDB) deu para que Ricardo se viabilizasse. Qual será o resultado das pesquisas com relação ao seu possível desempenho na disputa? Opinem!

  • Fúnebre. O clima entre os servidores da Assembleia Legislativa e a Mesa Diretora está tenso. Na manhã desta quarta-feira, os deputados foram recebidos em plenário ao som da marcha fúnebre, de Chopin. Um dos líderes sindicais estava vestido de Osama Bin Laden. As galerias estão lotadas e os trabalhos parados nos setores administrativos.
  • Propaganda I. A propaganda partidária do PP, que foi ao ar na noite de ontem, em vez de falar do partido, deu espaço para a exposição de Ferraço, que apareceu discursando energicamente.
  • Propaganda II. As inserções publicitárias da Prefeitura de Vitória foram ao ar ontem também um pouco diferentes. Geralmente se limita a mostrar as obras e depoimentos de moradores da cidade. Mas a desta terça-feira exibiu o prefeito João Coser (PT) assinando uma ordem de serviço.

Para fazer parte do mailing do blog e recebê-lo em seu e-mail, mande uma mensagem para fernandomendes.fm@gmail.com

Siga-me no Twitter!

6 comentários:

  1. Amaral Filho - Vitória28 de outubro de 2009 10:10

    Caro Mendes: não precisava omitir o nome do Instituto que fez a tal a pesquisa manipulada. Todo mundo sabe que é o Futura, o mesmo que operava para Zé Carlos Gratz e recebeu uma fábula de dinheiro público desviado do orçamento da Assembléia (ver apuração da Receita Federal, Ministério Público e Polícia Federal.

    É claro que os pretensos candidatos não precisam se preocupar com a conhecida manipulação da Futura que continua mamando nos cofres públicos em pesquisas falsas encomendadas pelo governo. É assim: eles contratam uma pesquisa sobre situação do transito, saúde e no meio, no pacote, entra a qustão eleitoral.

    Mesmo se a pergunta fosse: em quem voce vota no segundo turno e a única opção fosse o cara de mexerica Ponkan (apelido de RF)ganharia o voto nulo.Disparado.Podem apostar. Esse sobrenome pesa muito na consciência do povo. Veja que até em Cachoeiro pesou e levou à derrota o coronel Theodorico.

    ResponderExcluir
  2. Caro Amaral, o instituto não e o Futura, mas o Enquet. não o citei pois não achei importante, pois a pesquisa é executada no formato solicitado pelo cliente.
    Obrigado pela participação no blog.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Amaral Filho - Vitória28 de outubro de 2009 15:56

    Isso não anula minha indignação, pois espera-se de uma empresa que se diz séria o mínimo de honestidade e não a de aceitar pura e simplesmente "exigências" sabidamente desonesta do suposto cliente.Se esta pesquisa for publicada em algum veículo, qualquer cidadão poderá questionar judicialmente seus números.

    Mas, acho que após sua denúncia vão pensar duas vezes antes de correr o risoc de cair no descrédito. Isso aí, com certeza, foi para consumo interno para apaziguar possíveis debandadas dos pseudos apoios.

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Fernando,

    Para maior informação, neste fim de semana, no sul do Estado correu um boato enorme da retirada da candidatura do socialista Casagrande, ao governo. Em especial Cachoeiro, Castelo, Muniz Freire, Conceição do Castelo. Várias rádios e em especial a Cultura FM de Castelo, através de seu comentarista político estava dando em "primeira mão" a informação. O mesmo informava que o senador abrir mão da disputa e iria apoiar o candidato oficial do governo, e que já tinha aceitado a vaga de vice para o PSB, seu partido.
    Foi um burburim geral, o que tocou de telefone naquela região para tentar confirmar a notícia foi geral.
    A turma anda fazendo de tudo para anular o socialista.

    ResponderExcluir
  5. daqui a pouco vão espalhar o boato que o senador morreu...

    ResponderExcluir
  6. O resultado é CASAGRANDE na cabeça meu caro Fernando. Eu q

    Se isso não acontecer só vejo duas soluções:

    a. Pegar o queijo para acompanhar, porque a MARMELADA já está servida.
    b. Internar os eleitores do estado que se deixam iludir pelos factóides da mídia corporativa.

    ResponderExcluir