quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

As bicadas dos tucanos

O prefeito de Vitória, João Coser (PT), vem tomando algumas bicadas dos tucanos capixabas nas últimas semanas pelas trapalhadas administrativas de sua gestão. No entanto, uma mais dolorida ainda está por vir. Até amanhã o vice-presidente estadual do PSDB e deputado estadual César Colnago deverá entrar com um representação contra o petista no Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES).

Não sei nem se podemos chamar da gestão de Coser, pois com os diversos cargos que o prefeito assumiu paralelamente ao seu segundo mandato, ele não tem ficado muito em Vitória. Colnago já acionou sua assessoria jurídica para elaborar a peça de representação e vai relacionar fato a fato, inclusive com imagens de reportagens exibidas na TV.

No seu entendimento, na medida em que a situação já compromete a integridade física das pessoas, a situação sai da esfera meramente administrativa para o patamar judicial. E quem detém as prerrogativas e competências para proceder com uma investigação e propor ações concretas no âmbito do Judiciário é o MP-ES.

"É preciso ir fundo nas causas e efeitos dessa gestão temerária da Prefeitura de Vitória, porque não se pode aceitar passivamente esse modo irresponsável de se governar a cidade na base do par ou ímpar, de bingos, como se fosse uma Telesena, colocando os destinos e as vidas das pessoas à mercê do azar", dispara Colnago.

E completa: "O episódio recente da tentativa absurda de expulsão de trabalhadores das praias com comércio ambulante ilustra a que ponto chegou a total inexistência de políticas públicas sociais. O acidente na avenida Beira-Mar leva-nos a reflexão que a vida daquela senhora poderia ter sido poupada não fosse a incúria de uma obra parada há tanto tempo e sem a devida proteção de segurança para pedestres e motoristas que circulam por ali."

E assim segue os conflitos entre os dois históricos adversários, PT e PSDB, que além da disputa nacional pela Presidência em 2010, também se enfrentarão nas urnas aqui no Estado. E esse é só mais um capítulo. O processo eleitoral vai esquentando cada vez mais.

  • Cartão. E por falar em Colnago, o cartão de Natal enviado pelo tucano diz o seguinte: "O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem. (Guimarães Rosa)." Bem propício para a ocasião.
  • Orçamento. Boa a iniciativa dos alunos de jornalismo da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), que foram até a Câmara de Vereadores de Vitória e fizeram uma matéria para o jornal experimental No Entanto, mostrando os planos da Prefeitura de Vitória para 2010: corte de 9% na Segurança e aumento de 27% para a Comunicação.
  • Nem aí I. Desde que foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), o prefeito de Jaguaré, Avilásio Altoé (PSDB), ainda não retornou para sua cidade e permanece em Vitória.
  • Nem aí II. Depois de ser acusado de compra de votos e perder o mandato, o tucano está com vergonha de retornar e nem quer recorrer da decisão dos magistrados. Familiares dele garantem que ele nem mesmo queria ser candidato e só foi por pressão do partido.

Mande um e-mail para fernandomendes.fm@gmail.com e receba diariamente uma mensagem avisando que o Blog foi atualizado.

Siga-me no Twitter!

8 comentários:

  1. Marco Antônio Mendes17 de dezembro de 2009 14:08

    Opinião de quem mora um pouco longe da capital: não que eles não possam ter algum fundamento, mas serão estes ataques parte de uma estratégia tucana para "esvaziar" ou - pelo menos - tornar sem efeito o palanque de Ferraço em Vitória?

    ResponderExcluir
  2. Se o Marco Antônio morasse aqui em Vix, saberia como a cidade está entregue às baratas. E o Joãozinho segue passeando, sorrindo e comprando a imprensa...

    ResponderExcluir
  3. Prezado Marco Antônio: vc certamente sabe muito bem como anda a administração municipal de sua cidade, certo? Pois é, nós, que moramos em Vitória sabemos e sofremos com o des-governo do Coser. A bela capital capixaba não merecia isso.

    ResponderExcluir
  4. A propósito da nota sobre a cassação do prefeito Evilásio Altoé: ele foi dos poucos(talvez o único)que assumiram publicamente que não poderia apoiar outro candidato ao governo que não fosse de seu partido ou coligado. Então perdeu!
    Quanto os demais prefeitos denunciados por crime eleitoral, mas que apóiam o candidato oficial, DUVIDO que sejam afastados dos cargos!

    ResponderExcluir
  5. O Coser, mais uma vez, foi um verdadeiro fiasco na entrevista que exigiu que fosse só, sem debatedores, no Bom Dia ES. Quebrou a cara. A TV Gazeta colocou um email à disposição do povo e choveu de reclamações e cobranças desse prefeito promesseiro.

    ResponderExcluir
  6. Isso é manobra do Colnago para aparecer. Todos sabem que na Ales ele é praticamente invisível, não apresenta nem projeto!!
    Pelo visto já viu que não vai conseguir se eleger deputado federal. Deve estar de olho na prefeitura de Vitória!!!!

    ResponderExcluir
  7. E se for candidato a prefeito vou votar nele, assim como minha mulher, minhas filhas, meus 8 cunhados e cunhadas, minha sogra, minha mãe, a empregada e todos os meus empregados que são mais de 20.

    Esse João Coser empregou a petezada toda na Prefeitura e agora não tem dinheiro pra fazer e terminar as obras. Não conheço um petista desempregado em Vitória, alguém aí conhece? Me apresente. Tem familia de petista que tá toda na prefeitura.

    ResponderExcluir
  8. Larguem de picuninhas e atenham-se aos fatos.

    O Colango é um bundão, um zero a esquerda. Perdeu a disputa para o Coser. O Coser é um falastrão prometeu mundos e fundos e nada! O metrô cadê?

    Resumindo: TUDO FARINHA DO MESMO SACO! Vamos pensar em alternativas que não passem perto de nenhum desses senhores. Alguém se habilita? Que tal o Audifax (ex-pref. da Serra)?

    ResponderExcluir